segunda-feira, 18 de setembro de 2017

PALESTRA GRATUITA: Bruxaria Tradicional e Enteogenia (Plantas de Poder)

Bruxaria Tradicional e Enteogenia (Plantas de Ampliação de Consciência Espiritual)
Palestra Gratuita via Whatsapp

Com Ricardo DRaco - 11 98110-9927
Favor adicionar e fornecer nome completo para cadastro!





Curta a nossa página no FACEBOOK!

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Ervas de A a Z

Propriedades Medicinais


Abacateiro - Persea gratissima Polpa, folhas, sementes e casca. Polpa do fruto : anti-raquitismo e afrodisíaco. Infusão das folhas : diurético, digestivo, rins e bexiga, dores de cabeça, febre, bronquite e tuberculose. Sementes em cataplasma : abscessos. Cascas : vermífugo.

Abacaxi - Ananas sativus Polpa e casca. Suco: diurético, vermífugo, calmante da tosse e expectorante. Polpa : digestivo; em aplicação externa: aftas.
Abóbora - Cucurbita pepo Polpa e sementes secas e tostadas com sal. Decocção da polpa: diarréia e gases. Sumo da polpa: prisão de ventre. Cataplasma das folhas: queimaduras, inflamações e dores de ouvido. Sementes : vermífuga.
Agrião - Nasturtium officinale Folhas e flores. Saladas cruas : excitante, combate o escorbuto, anemia, digestivo e diurético. Contra febre e dores de dentes. Infusão : bronquite, depurativo, diurético, febre, icterícia.
Aipo - Aipum graveolens Caule, folhas e raiz. Decocção das folhas e raízes : diurético, depurativo e carminativo. Artrite, reumatismo, cálculos biliares. Infusão das sementes: gases, má digestão.
Alcachofra - Cynara scolymus Folhas e raiz. Decocção e cápsulas: cálculos biliares e distúrbios hepáticos, diurético, combate a anemia, raquitismo, hemorróidas, varizes e reumatismo, auxiliar nos regimes de emagrecimento.
Alecrim de Jardim - Rosmarinus officinalis Folhas e flores - aromática. Compressas: abscessos. Fumaça de alecrim (vapor): tosse, bronquite, asma e gripe. Óleo: queda de cabelo. Vinho de alecrim: diurético, hidropisia, exaustão física e intelectual. Decocção e tintura: digestivo, gases, febre, cansaço. Banhos: reumatismo.
Alface - Lactuca sativa Folhas frescas. Cataplasma: contusões e inchaços. Decocções: insônia e intestino.
Alfavaca - Ocimum basilicum Folhas frescas ou secas. Infusão: mau-hálito, debilidade, cólicas e vômitos. Decocção: boca e garganta.
Alfazema - Lavandula officinalis Flores secas. Decocção e infusão: asma, faringite, laringite, coqueluche, tosse, reumatismo, nervosismo, insônia, nevralgias, digestiva. Óleo: cansaço, contusões, estômago, vertigens, hemicrania.
Alho - Allium sativum Bulbo e caule. Unguento: calos. Óleo e Infusão: insônia, hipertensão, tuberculose, resfriados, feridas infecciosas. Cataplasma: reumatismo. Decocção: vermes.
Ameixeira - Prunus domestica Folhas frescas e frutos maduros. Licor de ameixa: digestivo. Polpa do fruto: laxante. Infusão das folhas e frutos secos: resfriado, tosse, rouquidão. Cataplasma das folhas: vermífugo.
Amoreira - Morus celsa Frutos, folhas, casca e raiz. Gargarejo com infusão do fruto: boca, aftas. Decocção da casca e raízes: dor de dente, estômago, intestino. Infusão das folhas: diurético, hipertensão. Xarope: tosse, garganta. Cataplasma das folhas: eczemas, erupções cutâneas.
Angelica - Angelica officinalis Raiz, folhas, flores e sementes. Infusão: digestivo, diurético, depurativo, histeria. Decocção: diarréia. Cuidado: as folhas da angelica são muito semelhantes às da venenosíssima cicuta.
Arnica - Arnica montana - Tabacode Savóia Raízes e flores. Pomada: acne, furúnculos. Infusão das flores: tônico estomacal. Tintura: contusões, quedas, distensões. Atenção: A arnica é uma planta venenosa, assim a administração de medicamentos à base de arnica deve ser feita sob prescrição médica.
Arroz - Oryza sativa Decocção para lavagens: hemorróidas. Decocção: colite, enterite, infecção intestinal.
Arruda - Ruta graveolens - Ruta Sativa Folhas frescas. Cataplasma das folhas: abscessos. Infusão das folhas: gases, nevralgias, vermes. Decocção das folhas para lavagens: inflamação nos olhos. Obs.: Não usar na gravidez.
Artemísia - Artemisia vulgaris Folhas, flores e raízes. Pó: convulsões infantis, epilepsia. Infusão das folhas e flores : menstruação dolorosa, dismenorréia, febre, gota, reumatismo, vermes. Folhas: "moxa" utilizada no tratamento de acupuntura. Sumo: doenças femininas.
Assa - Peixe Folhas, flores e frutos. Infusão: gripe, bronquite, asma, tosse.
Avenca - Adianthum capillus veneris Folhas. Decocção e infusão: gripe, tosse, rouquidão, bronquite. Uso externo: caspa e queda de cabelos.
Babosa - Aloe vera Uso interno: estomáquica e laxante Sumo - uso externo : anticaspa, antifúngico, antibacteriano, cicatrizante, repelente
Beldroega - Portulaca oleracea Folhas e sementes. Infusão das folhas: diurética, inflamação dos olhos. Saladas e sementes: vermífugo. Uso externo: feridas.
Boldo-do-Chile - Peumus boldus Folhas. Decocção: cálculos biliares, distúrbios estomacais e hepáticos. Chá: tranquilizante, insônia.
Cabelo de Milho - Barba de Milho Cabelo do milho. Chá: diurético, cálculos renais, infecções urinárias, ácido úrico, albuminúria.
Calêndula officinalis - Calendula officinalis - Mal-me-quer - Verrucária Flores e folhas. Infusão: gripe, escorbuto, icterícia, inflamação dos olhos, artrite. Uso externo: inflamações cutâneas. Sabonetes: queimaduras. Folhas : calos e verrugas.
Cambará - Lantana camará - camará Flores e folhas. Chá: tosse, resfriados, gripes, bronquite, asma, coqueluche.
Camomila comum - Matricaria chamomilla Flores. Infusão: febre, insônia, nevralgias, cólicas, gases, indigestão, dispepsia, falta de apetite, infecções intestinais. Compressas e lavagens : conjuntivite e inflamações nos olhos.
Camomila Romana - Anthemis nobilis Mesmas propriedades da camomila comum, porém mais fortes.
Carqueja - Baccharis trimera Folhas. Infusão e cápsulas: fraqueza orgânica, fígado, indigestão, diarréia, falta de apetite, diabetes, reumatismo, gota, dietas para emagrecimento.
Cáscara Sagrada - Rhammus purshiana Casca. Decocção e cápsulas: fígado, estômago, intestino, laxante, hemorróidas. Chapéu-de-Couro Folhas. Decocção: reumatismo, infecções urinárias, dores, artrite, arteriosclerose, diurético, sífilis, depurativo. Uso externo e chá : dermatites.
Chá Preto - Thea sinensis- Chá da Índia - Chá da China - Chá Pekoe Folhas. Infusão: estomatites, má digestão, resfriado, excitante, diurético, analgésico, sudorífico, estimulante nervoso.
Cebola - Allium cepa Bulbos. Infusão de vinho: calos, diurético. Tintura: diurético. Unguento: hemorróidas, frieiras. Decocção: infecções intestinais, prisão de ventre. Bulbo: hemorragia nasal, picada de abelhas. Infusão: resfriado, tosse, vermes.
Cenoura - Daucus carota Raízes e sementes. Cataplasma: queimaduras. Decocção: rouquidão, tosse. Confrey - Symphytum officinalis Folhas, raiz. Chá: infecções, hemorragia, úlceras. Cataplasma: fraturas ósseas, varizes, cicatrizante, úlceras, feridas, queimaduras.
Copaíba Resina - óleo. Óleo: sífilis, bronquite, tosse, dermatite, urticária, cicatrizante, úlcera, feridas, anti-séptico, leucorréia, infecções urinárias.
Cravo-da-Índia - Eugenia caryophyllata Flores. Chá e pó: excitante, dores de dente, digestivo, afrodisíaco, depurativo. Infusão de vinho: bronquite, gripe, tosse, resfriado.
Dente-de-Leão - Taraxacum officinale Flores, folhas e raiz. Salada: depurativo do sangue, fígado. Decocção e infusão: depurativo, hidropisia, afecções do fígado, acidose, icterícia, diabetes. Sumo das folhas: cálculos renais e fígado.
Erva-Cidreira - Cymbopogon citratus Flores e folhas. Infusão e tintura: ansiedade, histeria, hemicrania, gases, má digestão. Compressas: feridas. Banho: calmante.
Erva-de-Santa-Maria - Chenopodium ambrosioides - Vomiqueira - Erva formigueira Folhas e sementes. Infusão e tintura: bronquite, tosse, diurético, calmante, tuberculose. Sumo: vermífuga .
Erva-Doce - Pimpinella anisum -Funcho - Anis Sementes. Infusão: intestino, obesidade, caimbra, reumatismo, diabetes, olhos, memória, depurativa, mordedura de cobras e escorpiões, estimula a secreção láctea.
Erva-Mate - Ilex paraguayensis / brasiliensis Folhas. Infusão: excitante, tonificante, ativa a circulação, diurético, digestivo, laxante, dispepsia, distúrbios estomacais e hepáticos.
Erva-de-São-João - Catinga de Bode Folhas. Infusão: diarréia, desinteria, cólicas e gases, reumatismo.
Espinheira Santa - Maytenus hicifolia- Salva-vidas - Espinho de Deus Folhas. Infusão e cápsulas: analgésica, desinfetante, cicatrizante, dores, gastrite, úlcera, laxante, diurética. Sumo : feridas, acne, eczemas. Obs.: Não utilizar durante a amamentação.
Eucalipto - Eucalyptus globulus Folhas. Inalação - óleo: asma, bronquite, cicatrizante, desinfetante. Decocção das Folhas: bronquite, febre, estomatite, faringite, gripe, resfriado, tosse, sedativo, desinfetante, sudorífero.
Gengibre - Zingiber officinalis Raiz e casca. Infusão, raiz mascada e cristais: excitante, dispepsia, gases, diarréia, gripe, tosse, bronquite, resfriado, asma, cólera, gota, infecções, mau-hálito, tártaros, inflamações gengivais, reduz o colesterol, estimula a imunidade, afrodisíaco.
Ginseng - Panax quinquefolium Raiz. Infusão e raiz mascada: tonificante, resfriado, tosse, estomatite, prisão de ventre, inflamações urinárias e pulmonares, distúrbios nervosos, fadiga, úlceras gástricas.
Girassol - Helianthus annuus Folhas e sementes tostadas. Tintura das folhas: febre, malária, resfriado, estomatite, hematúria. Infusão das sementes: excitação nervosa. Uso externo tintura: chagas, contusões, feridas.
Guaraná - Paullinia cupana Sementes reduzidas a pó. Pó, refresco, suco, cápsula: revigorante, estimulante, infecções, diarréia, prisão de ventre, gases, desinfetante, arteriosclerose, depressão, hemorragia, tonificante do coração. Uso externo: cicatrizante. Obs.: crianças, mulheres gestantes ou que amamentem, cardíacos e hipertensos devem evitá-lo.
Guiné - Petiveria alliacea Folhas. Infusão: antiespasmódica, abortiva, diurética, doenças venéreas, vermífugo, reumatismo, protetor espiritual.
Hamamélis - Hamamelis virginiana Casca e folhas. Água de hamamélis: desinfetante. Decocção: diarréia. Pomada e tintura: hemorróidas, disenteria, gonorréia, leucorréia, tumores, inflamações externas, pústulas, inflamação dos olhos, picadas de insetos, veias varicosas, menstruação em excesso, hemorragia pulmonar.
Hissopo - Hyssopus officinalis Flores e folhas secas. Óleo e infusão: asma, bronquite, inflamações da boca e garganta, depurativo, digestivo. Óleo e uso externo de infusão: chagas e úlceras, erupções cutâneas. Compressa: contusões.
Hortelã - Monarda punctata Toda a planta. Infusão e salada: amenorréia, náuseas, vômitos, gases, analgésica, estimulante, diurética.
Hortelã Pimenta - Mentha piperita Toda a planta. Óleo e infusão: coração, má digestão, insônia, cólicas hepáticas e abdominais, dores de cabeça, vermífugo, vômito, resfriado, afrodisíaco. Uso externo: reumatismo. Inalação: asma, tosse, resfriado. Unguento: amamentação: impede a secreção láctea. Cataplasma das folhas: pele.
Laranjeira - Citrus aurantium Casca, folhas, flores e suco. Óleo e infusão de flores: estomatite, insônia, febre.
Limão - Citrus limonum Suco e casca do fruto, folhas. Suco: gota, reumatismo, arteriosclerose, hipertensão, artrite, depurativo do sangue, febre, feridas (externo). Gargarejo: inflamações na boca e garganta. Infusão: má digestão, gases, diarréia, insônia, conjuntivite. Decocção: malária. Fricção: nevralgia, reumatismo.
Losna - Artemisia absinthium - Absíntio- Erva dos Vermes Folhas e flores secas. Tintura das flores e folhas: tônico, distúrbios biliares e hepáticos, flatulência, má digestão, calmante, reumatismo, gota, febre. Infusão das flores: vermífugo.
Maçã - Pirus malus Casca do tronco e frutos. Água de maçãs: inflamações urinárias, má digestão, acidez, febre, resfriado, rouquidão, diarréia, prisão de ventre. Banho de assento: leucorréia. Vinho de maçãs: má digestão, acidez.
Malva - Malva sylvestris Flores e folhas secas. Infusão e decocção de folhas e flores: infecção urinária, prisão de ventre, inflamação intestinal, obesidade, tosse. Infusão das flores - bochechos: inflamações na boca, gengiva e garganta. Cataplasma das folhas: artrite, gota, abscessos, dentes. Banho de flores e folhas: nervosismo.
Mamona - Ricinus communis Óleo de rícino e folhas. Óleo: cabelos, frieiras, prisão de ventre, vermífugo. Banho com decocção das folhas: hemorróidas.
Manjerona - Origanum majorana Flores secas. Óleo e infusão: antiespasmódica, dilatação do estômago, insônia, gases. Infusão para Inalação: resfriado.
Melissa - Melissa officinalis Flores e folhas. Infusão e tintura: ansiedade, histeria, hemicrania, gases, má digestão. Compressas: feridas. Banho: calmante .
Mil-Folhas - Achillea millefolium- Milefólia Toda a planta. Infusão das folhas e flores: diarréia, incontinência urinária, hemorragia, preventivo de aborto, gases. Infusão das folhas e flores para cataplasma: chagas, feridas, fissuras nos seios, hemorróidas, ulcerações, reumatismo, febre, varizes.
Morango - Fragaria vesca Folhas, raiz e frutos secos Decocção da raiz: inflamações na boca e garganta, intestino, diurético, vermífugo. Compressas: chagas, feridas, úlceras, pequenas queimaduras. Suco: dor de dentes, febre, gota, cálculos. Obs.: não usar em caso de alergia e diabetes.
Poejo - Erva de São Lourenço Folhas. Infusão: tosse, rouquidão, afecções gástricas, gases, bronquite, asma. Quebra-Pedra - Phyllanthus niruri Folhas. Infusão e cápsulas: infecções urinárias, dores lombares, anúria, albuminúria, hidropisia, cálculos renais e biliares, corrimentos.
Romã - Punica granatum Raiz, casca, folhas, flores, polpa e casca das romãs. Infusão: gengiva, inflamações na garganta, diurético. Decocção da casca: cólicas, diarréia, tênia.
Rosa - Rosa canina, centifolia e gallica Flor. Infusão: estomatite, inflamações na boca e garganta ( gargarejos), má digestão, diarréia, prisão de ventre, mau-hálito, vermes. Infusão para compressas: olhos. Vinagre de rosas para lavagens: urticária, picada de abelhas, queimaduras. Lavagens: leucorréia. Banhos: energético.
Sabugueiro - Sambucus nigra Raiz e flores. Cataplasma das folhas: abscessos, hemorróidas. Infusão das flores: amamentação: aumenta a secreção láctea, bronquite, gripe, olhos (lavagens), sudorífero, sarampo. Decocção da casca e flores: gota, ácido úrico, depurativo, diurético, hidropisia, obesidade, resfriado, rins, prisão de ventre.
Sálvia - Salvia officinalis Folhas e flores. Fumo: asma. Decocção: estomatite, inflamações na boca, coqueluche, coração, gengivas, suores frios, tosse. Infusão: esgotamento nervoso, má digestão, cálculos renais e hepáticos, garganta (gargarejos). Banhos: cansaço.
Stevia - Stevia rebaudiena Folhas Infusão: diabetes, diurético, tonificante, reumatismo, hipertensão, calmante, insônia, tensão, digestivo, inflamações, febre, obesidade - adoçante.
Tanchagem - Plantago lanceolata - Trançagem Folhas e sementes. Cataplasma: chagas, úlceras. Infusão e decocção: depurativo, estomatite, reconstituinte, gripes, ulcerações da garganta e língua, febre, diarréia, bronquite. Infusão para lavagens: conjuntivite, inflamações nos olhos. Gargarejos: inflamações na boca, gengiva, garganta.
Urtiga - Urtica dioica Folhas, hastes e sementes. Infusão: artrite, caspa (uso externo), epistaxe, hemorróidas, hemorragia uterina. Decocção: depurativo, furúnculos, gota, queda de cabelos (uso externo), diarréia, hemorragia. Infusões para uso externo: urticária, erupções, coceiras. Urucu Sementes. Coração, prisão de ventre, hemorragia e afecções do estômago, tosse e bronquite.
Violeta - Viola odorata - Viola alba Raízes, folhas, flores secas. Infusão e decocção: tosse, bronquite, sarampo, dores de garganta, vômitos. Cataplasma: contusões.
Zimbro - Juniperus communis - Junípero Madeira e bagas. Infusão, decocção e óleo: asma, bronquite, acidez, má digestão, hidropisia, diurético. Alcoolato: reumatismo.

Atenção! as informações contidas no site são apenas educacionais não fazemos apologia ao uso como também não nos responsabilizamos pelo indevido manuseio das informações e práticas.


Nome cientifico


Abacateiro - Persea gratissima 
Abacaxi - Ananas sativus 
Abóbora - Cucurbita pepo 
Agrião - Nasturtium officinale 
Aipo - Aipum graveolens 
Alcachofra - Cynara scolymus 
Alecrim de Jardim - Rosmarinus officinalis 
Alface - Lactuca sativa 
Alfavaca - Ocimum basilicum 
Alfazema - Lavandula officinalis 
Alho - Allium sativum 
Ameixeira - Prunus domestica 
Amoreira - Morus celsa 
Angelica - Angelica officinalis 
Arnica - Arnica montana - Tabaco de Savóia 
Arroz - Oryza sativa 
Arruda - Ruta graveolens - Ruta Sativa 
Artemísia - Artemisia vulgaris
Assa - Peixe 
Avenca - Adianthum capillus veneris 
Babosa - Aloe vera 
Beldroega - Portulaca oleracea 
Boldo-do-Chile - Peumus boldus 
Cabelo de Milho - Barba de Milho Calendula officinalis 
Cambará - Lantana camará - camará 
Camomila comum - Matricaria chamomilla 
Camomila Romana - Anthemis nobilis 
Carqueja - Baccharis trimera 
Cáscara Sagrada - Rhammus purshiana 
Chapéu-de-Couro 
Chá Preto - Thea sinensis
Cebola - Allium cepa 
Cenoura - Daucus carota 
Confrey - Symphytum officinalis 
Cravo-da-Índia - Eugenia caryophyllata 
Dente-de-Leão - Taraxacum officinale 
Erva-Cidreira - Cymbopogon citratus 
Erva-de-Santa-Maria - Chenopodium ambrosioides 
Erva-Doce - Pimpinella anisum
Erva-Mate - Ilex paraguayensis / brasiliensis 
Erva-de-São-João - Catinga de Bode 
Espinheira Santa - Maytenus hicifolia
Eucalipto - Eucalyptus globulus 
Gengibre - Zingiber officinalis 
Ginseng - Panax quinquefolium 
Girassol - Helianthus annuus 
Guaraná - Paullinia cupana 
Guiné - Petiveria alliacea 
Hamamélis - Hamamelis virginiana 
Hissopo - Hyssopus officinalis 
Hortelã - Monarda punctata 
Hortelã Pimenta - Menthapiperita 
Laranjeira - Citrus aurantium 
Limão - Citrus limonum 
Losna - Artemisia absinthium
Maçã - Pirus malus 
Malva - Malva sylvestris 
Mamona - Ricinus communis 
Manjerona - Origanum majorana 
Melissa - Melissa officinalis 
Mil-Folhas - Achillea millefolium
Morango - Fragaria vesca 
Poejo - Erva de São Lourenço 
Quebra-Pedra - Phyllanthus niruri 
Romã - Punica granatum 
Rosa - Rosa canina, centifoliae gallica 
Sabugueiro - Sambucus nigra 
Sálvia - Salvia officinalis 
Stevia - Stevia rebaudiena 
Tanchagem - Plantago lanceolata -Trançagem 
Urtiga - Urtica dioica 
Urucu Violeta - Viola odorata - Viola alba 
Zimbro - Juniperus communis - Junípero


quinta-feira, 20 de julho de 2017

AGENDA BRUXA 2017

AGENDA BRUXA 2017



O Conselho de Bruxaria Tradicional preparou uma agenda com eventos ao qual qualquer bruxo ou simpatizante pode participar, para receber um alerta por email, se inscreva no:






Fevereiro´2017 - Festival Celta de Lughnasadh (já realizado)

Abril´2017 - Palestra via Whatsapp - Temas Polêmicos (já realizado)

Maio´2017 - Festival Celta de Samhain (já realizado)

Junho´2017 - Curso de Introdução a Bruxaria Tradicional (já realizado)


Setembro´2017 - Palestra Gratuita Whatsapp: Bruxaria Tradicional e Enteogenia

Novembro 2017 - Festival Celta de Beltane: Prelúdio de Verão

Dezembro 2017 - Confraternização de Fechamento do Ano



RITUAL CELTA DE OIMELC CONVITE AOS BRUXOS E SIMPATIZANTES

RITUAL CELTA DE OIMELC CONVITE AOS BRUXOS E SIMPATIZANTES

Chegou o Festival mais divertido e colorido de nossas tradições bruxas aqui do CBT, o ritual do Prelúdio da Primavera, trazendo luz, cores, flores e muita alta energia!

Venha participar, será em Embu das Artes/ SP no dia 05/08/2017 a partir das 16h00.
Valor de energia de troca = R$ 120,00 deposito em conta corrente.

Mais informações através do whatsapp: 11 98110-9927





Poucas Vagas, inscrição até dia 03/08/2017, a partir disso somente no local, valor de R$ 180,00.

terça-feira, 11 de julho de 2017

PALESTRA GRATUITA - BRUXARIA TRADICIONAL 15/07/2017


PALESTRA GRATUITA
BRUXARIA TRADICIONAL - Mitos, Polêmicas, Culto e Práticas.
Sábado às 14h00 na Sede do Conselho.





CONTATO


Mais informações: cursos.bruxariatradicional@gmail.com

Whatsapp: 11 98110-9927 (a partir das 19h00)

Local do Templo do Conselho de Bruxaria Tradicional
Endereço: Estrada das Marrecas, altura do 5.999 - Juquitiba/ SP

Como chegar
Para quem vai de Carro:
Marginal Pinheiros Ponte Eusébio Matoso 
Av. Francisco Morato
Passa o Pedágio (S. Lourenço
Rod. Regis Bitencourt/ BR 116

Ao chegar na cidade de Juquitiba, siga um pouco a frente e terá um retorno sentido SP (o retorno passa por baixo da pista formando a letra C )
Ao retornar verá um posto de gasolina BR São Leopoldo (Altura do 320), passa o posto e verão logo a sua direita um portal vermelho, entre nessa entrada, siga em frente, em torno de 4 km, segunda travessa a esquerda.

Para quem vai de ônibus:
Pegar o ônibus que vai para Juquitiba na Rodoviária do Tietê, verifiquem antes os horários!
Pedir para PARAR na passarela do PARQUE DO GUGU (Fantasys), passe o portão e siga em frente até encontrar o parque, passe e continue em frente, em torno de 4 km, segunda travessa a esquerda.

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Calendário de Cursos e Rituais

O Conselho de Bruxaria Tradicional informa sobre os cursos e rituais disponíveis para o primeiro semestre de 2017.


CURSOS

Curso online
Duração: 3 meses (Junho, Julho e Agosto)
Inscrição: Até dia 15/05/2017

1 - Recebimento de um áudio/ vídeo semanal
2 - Um link de artigo por semana
3 - Acesso exclusivo a Biblioteca Bruxa Virtual
4 - Tira dúvidas
5 - Convite para o Ritual de Samhain (20/05) ou de Lughnasadh

Interessados enviar por email (ricardo.draco@gmail.com)
Nome Completo
Data de Nascimento
Telefone Celular (Whatsapp)
Cidade e Estado
Contribuição: R$ 120,00

Será enviado conta para depósito


Curso Semi Presencial (1 ou 2 aulas por mês)
Aulas serão ministradas em Embu das Artes/ SP - Centro
Horários Disponíveis:

Sábado: 
1 - 16h30 às 18h00
2 - 18h20 às 19h30
3 - 20h00 às 21h30

Domingo:
1 - 14h00 às 15h00


Duração: 3 meses (Junho, Julho e Agosto)
Inscrição: Até dia 15/05/2017

1 - Aula presencial com no máximo 5 alunos por aula!
2 - Recebimento de um áudio/ vídeo semanal
3 - Um link de artigo por semana
4 - Acesso exclusivo a Biblioteca Bruxa Virtual
5 - Tira dúvidas
6 - Convite para o Ritual de Samhain (20/05) ou de Lughnasadh

Interessados enviar por email (ricardo.draco@gmail.com)
Nome Completo
Data de Nascimento
Telefone Celular (Whatsapp)
Cidade e Estado

Contribuição:
1- Uma Aula por Mês: R$ 120,00 - 40 (ajuda de custo) = Valor de apenas R$ 80,00
2 - Duas Aulas por Mês: R$ 100,00 (preço por aula sai por apenas 50 reais!)
Será enviado conta para depósito

________________________________________________________________

FESTIVAL DE SAMHAIN

Em Embu das Artes - Centro/ SP

No festival teremos as seguintes atividades:

Sábado - 20/05/2017

16h00 - 16h30 - A Religiosidade da Bruxaria Tradicional
17h40 - 18h00 - Percepções da Religiosidade da Floresta e a Bruxaria
18h00 - 19h00 - Pausa 
19h00 - 19h30 - O que é Planta de Poder (Espiritualidade, História, Química)
19h30 - 20h00 - Ayahuasca uma palestra sobre seus benefícios e sua origem
20h30 - 21h30 - Meditações e Exercícios do Despertar da Visão Espiritual
22h00 - 23h00 - Ritual de Samhain com honra a Deusa Morrighan (cf. Bruxaria Tradicional)
23h10 - 23h30 - Liberação dos membros não interessados nos trabalhos com Ayahuasca
00h00 - 02h00 - Ritual Mágico da Floresta e Ancestralidade com Ayahuasca.


Domingo - 21/05/2017

09h00 - 10h00 - Café da Manhã e Roda de Experiências
10h30 - 13h00 - Consultas particulares e Fechamento das Atividades


O que trazer:
1 - Dois Sucos de Laranja e Um prato (doce ou salgado)
2 - Roupas Escuras (saia comprida para mulheres ou moletom)
3 - Fazer a dieta de uma semana vegana
     1 - Alimentação baseada em vegetais
      2 - Evitar proteína animal (carnes, ovos e derivados de leite)
       3 - Não consumir drogas, cafeina e bebidas alcoólicas)
        4 - Evitar ou diminuir o tabagismo
    
Contribuição:
R$ 80,00 até no máximo dia 15/05.
Interessados enviar por email (ricardo.draco@gmail.com)
Nome Completo
Data de Nascimento
Telefone Celular (Whatsapp)
Cidade e Estado
Que enviaremos os dados para pagamento em depósito bancário (Bradesco).



terça-feira, 2 de maio de 2017

SAMHAIN - Sabedorias do Festival Celta na Bruxaria

SEJAM BEM VINDOS A SAMHAIN





Mês de Samhain, a Saudação do Prelúdio de Inverno Celta.
Este festival também marca o Ano Novo Celta.
Todos as pessoas interessadas no tema e simpatizantes do Conselho de Bruxaria Tradicional  são bem vindas.

Resumo

Palestra Via Whatsapp 11 98110-9927
Tema: Samhain um Festival Celta
Data 04/05/2017
Horário 21h00
Contribuição: Livre
Palestrante: Ricardo DRaco

terça-feira, 25 de abril de 2017

Palestra Estudos e Formação de Grupos na Bruxaria

COMUNICADO: ESTUDOS 2017


O Conselho de Bruxaria Tradicional divulga que haverá amanhã, dia 26/04/2017, uma palestra informativa de qual será o funcionamento das próximas turmas.

Teremos 2 formatos de estudos:

1 - Estudos semi presenciais (1 ou 2 reuniões mensais);
2 - Estudos online (feitos via whatsapp) - 1 palestra e 1 artigo por semana.

Objetivo:

1 - Formação de suporte a lideres que desejam abrir seus grupos de estudo e precisam de um apoio na organização e compartilhamento de informações.
2 - Praticantes solitários

Maiores informações:
26/04/2017
às 21h00
Via Whatsapp - 11 98110-9927 (Ricardo DRaco)
Favor informar nome e sobrenome para cadastro

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Palestra Via Whatsapp - Free Bruxaria Tradicional

O Conselho de Bruxaria Tradicional divulga gratuitamente a palestra: "Bruxaria Tradicional; Como se tornar um Bruxo e o que torna uma iniciação ser autêntica". 
O tema se debruça nas questões da descrição, origens e aborda o que é válido dentro de uma legítima iniciação no contexto de Bruxaria raiz, inserido em uma ancestralidade bruxa.

Palestra relâmpago! Aproveitem!

Whatsapp - 11 98110-9927


Palestrante: Ricardo DRaco
Membro honorável do Conselho de Bruxaria Tradicional


Sobre o Palestrante:

Ricardo DRaco é o fundador de projetos online mais antigo e de relevância dentro do segmento Bruxaria Tradicional, na sua forma raiz, sobrevivente até os dias de hoje, desmistificando e trazendo o conhecimento simples e real disponível a todos interessados pelo tema.
É o escritor que mais se empenhou em escrever artigos de forma acessível para toda a comunidade pagã e simpatizantes, além disso realiza palestras e reportagens para mídia e universidades.
Atualmente trabalha na obras do Conselho de Bruxaria Tradicional em Juquitiba/ SP, construindo o primeiro espaço devocional religioso para centenas de bruxos dedicados ao Paganismo Nacional e suas Tradições.




terça-feira, 28 de março de 2017

RITUAL DA LUA NA BRUXARIA TRADICIONAL

RITUAL DA LUA NA BRUXARIA TRADICIONAL
 

A Lua sempre exerceu influência sobre a psique humana, suas influências vão além dos fenômenos naturais como as marés, como a influência dos períodos de fertilidade, ela também exerce um poder magnético e por consequência um poder espiritual para todos os seres de nossa dimensão e influência os portais para os Outros Mundos.

Desde a antiguidade até os dias de hoje sentimos a necessidade de entrar em comunhão com essa energia, em que no anoitecer, onde nossos sentidos se tornam mais amplos, o Ritual da Lua envolve proporções enigmáticas e atraentes para processos introspectivos como também para as práticas de magia.

*A começar pelos gregos que, não contentes com uma única deusa lunar, criaram três: Ártemis, para o Quarto Crescente, Selene, para a Lua Cheia, e Hécate, para as luas Nova e Minguante. Os romanos foram mais modestos: chamavam a Lua de Diana, protetora da caça e da noite. Entre os povos da Mesopotâmia, ela era a deusa Sin, que mais tarde foi substituída por Ishtar, na Babilônia. Para os chineses, era Kwan-Yin e, para os índios brasileiros, Cairê ou Jaci.

A Lua também foi adorada como um deus andrógino, que reúne características masculinas e femininas — como Shiva, o deus transformador do hinduísmo, que carrega a Lua Crescente como um de seus símbolos. Temperamental, instável e misterioso como a loucura, o satélite podia trazer fartura e saúde, ou miséria e doenças. Suas fases — Nova, Crescente, Cheia e Minguante ajudaram decisivamente para essa reputação. Para os antigos, o próprio astro parecia nascer, crescer, atingir a plenitude e desaparecer, como a barriga de uma gestante. Por isso, ela foi associada à fertilidade da terra, dos animais e das mulheres. Era a senhora absoluta dos ritmos de vida e morte.

Essa marca aparece na cultura de muitos povos, mesmo naquelas em que a Lua não adquiriu uma personalidade divina. No Corão dos árabes, ela é Qatar, símbolo do poder transformador de Alá. Entre os judeus, seu aspecto mutante transformou-a na representação do judeu nômade.* 

É nesse momento auspicioso em que sentimos tanta pressão do cotidiano nos envolvermos com essa prática meditativa e assim, de um pensamento comum, abrimos mais uma vez o nosso processo de trazer a comunidade rituais que sejam agregadores e simpáticos as necessidades não somente de Bruxos, mas de toda a comunidade simpatizante.

A Bruxaria Tradicional como uma das mais fascinantes religiosidades da Era Antiga, dança com seus segredos pela luz da Lua, como uma serpente ela transita pela floresta, flui como o vento e compartilha seu agregado com seus filhos.

Esses segredos não são escritos, não podem ser vistos por leigos ou interrogado por inquisidores, eles estão presentes apenas àqueles que têm olhos para absorver todo o conhecimento, em sua roda que gira em torno de uma fogueira e lá o sentido para a vida se torna mais simples e prazeroso.


Autor: Ricardo DRaco
Cedido os direitos de divulgação ao Conselho de Bruxaria Tradicional no Brasil

* Interessou? Saiba que dia 08/04/2017 teremos um Ritual Lunar na Bruxaria Tradicional em Juquitiba/SP na Casa Sede do CBT, mais informações envie um email para: ricardo.draco@gmail.com 


 *Trecho da Revista Super Interessante