segunda-feira, 29 de agosto de 2011

BRUXARIA TRADICIONAL - Atualidade e a Tradição

O princípio do que se refere a Tradição vai além do princípio do herdar, pois podemos receber algo que não tenha os atributos que são convencionados por nossa sociedade como tradicionais, o termo tradição não esta propriamente vinculado ao termo ethos, origem da palavra ética, que são procedimentos ligados a padrões sociais específicos de uma classe profissional, por exemplo, ética médica, portanto cabe dizer que uma tradição, muito embora possamos fracioná-la em diversas ações como costumes, éticas, hereditariedade, ainda assim temos que tradição seja o ato de se fazer determinados procedimentos pela linha de tempo e que esses procedimentos levam em consideração uma origem específica.

Um exemplo muito claro seria comer certo prato em um determinado dia, vamos a algo bem comum e que podemos trazer para a nossa realidade, comer panetone no final do ano, é um ato que realizamos por anos em nossa vida e iremos realizar posteriormente, a origem é italiana e se come na época de Natal, uma tradição que se perpetua e que embora possa ser celebrada em diversos paises, tem uma origem comum.

Como podem perceber, não é preciso ir ao encontro do ethos, da ética, para comer panetone, mas sim de uma questão cultural/ religiosa que se propaga pelos tempos. É através desse propagar em forma de costumes e religiosidade que se baseia a Bruxaria em sua forma Tradicional, ela se propõe a manter esse agregado mágico/ religioso de uma forma natural e fluídica, que se propaga pela linha de tempo.

A contemporaneidade esta inserida em nosso contexto de tempo, todas as pessoas que vivem nessa época são contemporâneas, as ordens criadas nesse século são contemporâneos. Portanto devemos separar o individuo e as instituições deste século do conhecimento passado pela linha de tempo.

Para nós o Conselho de Bruxaria Tradicional é contemporâneo, nasceu neste século, entretanto o conhecimento recebido através dos grupos familiares advém de um momento temporal diferente, de origem específica, que possui costumes, éticas, religiosidade, perpetuação entre todos os outros requisitos que temos como comum ao conceito tradição.

Para nós, a Bruxaria Tradicional, é o conjunto de tradições vivas e reais que envolvem a Bruxaria, ou seja, para ser tradicional existe pelo menos a necessidade de ser bruxaria, e como a base da Bruxaria são os cultos pré-cristãos europeus, são os cultos de base pagã (campesinos), fica muito claro o reconhecimento de nossas práticas específicas, muito embora a Bruxaria seja uma das diversas crenças tradicionais do mundo, e que possamos encontrar elementos comuns como às práticas telúricas, a consagração dos ciclos e elementos da natureza, o culto aos espíritos ancestrais, a feitiçaria, entre outras práticas.

Para Conselho de Bruxaria Tradicional (CBT), um bruxo tradicional deve não apenas herdar o conhecimento mágico/ religioso, ele deve também entender a visão promovida por uma senda e saber peregrinar por ela, deve entender a respeitar os princípios étnicos, os éticos/ costumes, os princípios de preservação e de propagação.



Cordialmente,

3 comentários:

  1. Perfeito. Estarei repassando aos meus conhecidos mais um excelente texto.
    Quanto mais informação referentes ao Paganismo Campesino, melhor.
    Vamos continuar Trilhando na busca por essas Raízes.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Achei uma simples e ótima comparação, a do panetone, ficou fácil de entender essas trdições que são passadas que não são apenas o "sangue de bruxo".

    ResponderExcluir
  3. A linguagem tem que ser simples, com exemplos do nosso dia a dia, do que adianta uma linguagem toda formal, arcaica, cheio de voltas, conheço autores que escrevem tanto que no final não sabemos o que querem dizer com o artigo, muita enrolação e pouco conhecimento. Aqui no CBT o conhecimento é um caminho reto e sábio, mas mesmo assim é preciso ter intelecto para entender o que esta colocado, o sujeito fica procurando virgula e ponto e esquece da frase! ;-)

    ResponderExcluir

Este blog tem conteúdo específico religioso (paganismo tradicionalista), caso não concorde... pelo menos respeite e vá a um blog que se destina a mesma vocação religiosa que acredita.