sexta-feira, 19 de agosto de 2011

BRUXARIA TRADICIONAL - Sua Religião pelas Árvores

Um senhor muito simples caminhava por um pomar e ensinava a um adolescente da cidade sobre as árvores, ele dizia que é fácil reconhecer a árvore pelos frutos que colhemos, algumas árvores são preguiçosas e não dão frutos, outras oferecem frutas tão "bichadas" que não servem para saciar a fome, outras são azedas e mal formadas que se tornam indigestas; entretanto, mesmo com as dificuldades na colheita, ainda assim sabemos que uma laranja vem de um pé de laranja, uma maçã de uma macieira. Essa clareza que chega a ser óbvia onde a fruta se origina de uma específica árvore é o mesmo processo que acontece com as religiões e o homem.

O sábio senhor se dirigiu ao rapaz e com o olhar fixo lhe perguntou:

- É possível reconhecer a árvore que possa gerar diversas frutas em seu ser? Qual o nome da árvore que gera maçã, pêra, jaca, banana ao mesmo tempo? Ela poderia ser chamada de macieira? Ou somente de bananeira? Essa árvore não existe, muito embora nós compreendêssemos e reconheceríamos os seus frutos em suas árvores de origens, tal como reconhecemos que é uma planta e pertence ao reino vegetal.

É justamente tomando a sabedoria da Natureza que chegamos a refletir igualmente em nossas vidas, Bruxaria é um culto à Natureza, e nós somos preservadores, somos tradicionalistas, e reconhecemos o nosso fruto e a sua árvore ancestral.

Portanto caros leitores, salada de frutas ou salada mística somente na sobremesa! Na macieira somente maçã!

Cordialmente,

10 comentários:

  1. Fábulas fabulosas ;)
    Excelente texto, se mesmo assim alguem não compreender, só mesmo com lobotomia, rs

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz em estar num caminho assim. Hoje sei o que quero, de qual fruto devo comer. Muito bom esse texto!
    Mas aposto que vai ter gente que não vai gostar rs

    ResponderExcluir
  3. Ótimo texto,adorei, tb estou feliz por estar nesse caminho e grata por tudo.

    ResponderExcluir
  4. Gostei! Também posso acrescentar que somos o que somos...
    Além da mistura, não dá para querer ser o que não se é...rs

    ResponderExcluir
  5. Mesmo o óbvio (mais que óbvio) muitas vezes sofre distorções e é levado por caminhos totuosos!!! Tem q rir! rsrsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
  6. Como você mesmo vive dizendo, o Ego é um dos piores inimigos do homem, este sim é capaz de fazer alguém colher uma maçã e vender como abacaxi... Engraçado será o dia em que a macieira decidir por deixar de dar maçã e presentear a teimosia do ser com um belo abacaxi! []'s Lontrinha

    ResponderExcluir
  7. O ser humano adora complicar o que é simples... não é de hj.
    E charlatão lontrinha tem de monte... o que me surpreende é que as pessoas caem... serão elas inocentes demais ou burras demais???

    ResponderExcluir
  8. A sabedoria não é uma via tortuosa, sabedoria é o tempo de maturação do conhecimento e das vivências, caminhar por um caminho sábio é reflexo de uma boa terra e de um bom cultivo, sendo assim, a beleza esta nessa simplicidade, não esta na verborragia, na inveja, na difamação, não esta na falta de gentileza, não esta na desonestidade, no charlatanismo. Sentado ontem embaixo de um pé de laranja, descancando algumas, percebi a força do meu habito! rsrsrs

    ResponderExcluir
  9. A sabedoria das fábulas... realmente ótimo texto!

    ResponderExcluir

Este blog tem conteúdo específico religioso (paganismo tradicionalista), caso não concorde... pelo menos respeite e vá a um blog que se destina a mesma vocação religiosa que acredita.